Os 10 melhores filmes românticos de todos os tempos

As histórias de romances impossíveis sempre fizeram sucesso no cinema. Os casais desajustados que enfrentam tudo em nome do amor podem até ser clichês, mas nunca saem de moda. Em uma votação, a Revista Bula perguntou aos leitores quais os melhores longas românticos de todos os tempos. Os dez mais votados foram reunidos em uma lista, que contempla títulos clássicos de diferentes épocas. Entre eles, estão alguns dos maiores sucessos de bilheteria da história, como “Titanic” (1997), de James Cameron; “Ghost: Do Outro Lado da Vida” (1990), dirigido por Jerry Zucker; e “Diário de uma Paixão” (2004), de Nick Cassavetes.

…E o Vento Levou (1940), Victor Fleming

O filme acompanha o amadurecimento de Scarlett O’Hara, que vive em Tara, a fazenda de algodão de sua família, em 1861. Bonita e mimada, ela tem vários pretendentes a seus pés, mas não consegue chamar a atenção de Ashley Wilkes, um nobre sulista que irá se casar com outra mulher. Scarlett só pensa em conquistar Ashley, mas a chegada da Guerra Civil muda tudo em sua vida e ela precisa amadurecer para manter os negócios de sua família.

Casablanca (1942), Michael Curtiz

Durante a Segunda Guerra Mundial, o americano expatriado Rick Blaine encontra refúgio na cidade de Casablanca, no Marrocos, onde comanda o “Café do Rick”, a casa noturna mais famosa da cidade. Ele reencontra Ilsa, uma antiga namorada que o abandonou e agora está casada com outro. Ilsa precisa da ajuda de Rick para fugir dos nazistas, mas ele ainda guarda ressentimentos pelo que aconteceu no passado.

Ghost: Do Outro Lado da Vida (1990), Jerry Zucker

Ao investigar um esquema de corrupção no banco onde trabalha, Sam Wheat é assassinado. Após a morte, ele descobre que se transformou em um fantasma, cuja presença não pode ser vista ou ouvida pelos seres humanos. Então, Sam decide continuar investigando os desvios de dinheiro e descobre que sua esposa, Molly, pode ser a próxima vítima. Para protegê-la, ele pede ajuda a uma médium que vive de enganar as pessoas.

As Pontes de Madison (1995), Clint Eastwood

Após a morte de Francesca Johnson, seus filhos leem o diário deixado por ela e descobrem que a mãe teve um caso extraconjugal em 1965. Enquanto os filhos e o marido viajavam, Francesca, uma solitária dona de casa de origem italiana, se apaixonou por Robert Kincaid, um fotógrafo da revista “National Geographic” que estava em Madison para fotografar as pontes do local. Durante quatro dias, Francesca e Robert viveram uma intensa história de amor.

Titanic (1997), James Cameron

Jack Dawson é um artista pobre que, durante uma aposta, ganha uma passagem para viajar no Titanic, um luxuoso navio que parte do Reio Unido para os EUA. No navio, ele conhece Rose, uma jovem da elite prestes a se casar com o magnata Caledon. Rose acaba se apaixonando pelo artista, despertando a fúria de seu noivo, que prende Jack. Quando o navio se choca com um Iceberg, Rose corre para libertar o amante.

Uma Linda Mulher (1990), Garry Marshall

Durante uma viagem de negócios a Los Angeles, o executivo Edward conhece por acaso a prostituta Vivian. Edward a contrata para ficar com ele durante uma semana, a fim de acompanhá-lo em eventos sociais e de negócios. Para isso, ele transforma Vivian em uma mulher elegante e bem-vestida. Mas, com o passar do tempo, Edward se apaixona por Vivian e precisa enfrentar os preconceitos da sociedade para ficar com ela.

Diário de uma Paixão (2004), Nick Cassavetes

Em um asilo, um idoso conta a história de amor de Noah e Allie para sua esposa. Na década de 1940, Noah, um operário, e Allie, uma moça rica, se apaixonam, mas a família da jovem proíbe o romance. Quando Noah é convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial, Allie perde as esperanças de reencontrá-lo e fica noiva de outro homem. Mas, antes do casamento, Noah retorna para a cidade e os dois se envolvem novamente.

Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (2004), Michel Gondry

Joel e Clementine tentaram fazer com que o relacionamento deles desse certo por anos. Cansada dos desentendimentos, Clementine aceita se submeter a um tratamento experimental para apagar Joel de sua memória. Ao descobrir o que a ex fez, Joel decide passar pelo mesmo experimento, eliminando todas as suas lembranças de Clementine. Mas, após se esquecerem, eles se encontram por acaso e se apaixonam novamente.

Shakespeare Apaixonado (1999), John Madden

William Shakespeare, o jovem astro do teatro londrino, está passando por um bloqueio criativo. Mas, após conhecer a jovem Viola de Lesseps, ele encontra a inspiração para escrever sua próxima peça: Romeu e Julieta. Viola sonha em ser atriz, mas essa é uma profissão proibida para mulheres. Então, ela se disfarça de homem para ensaiar o texto de Shakespeare. Os dois acabam se apaixonando, mas a jovem já está noiva de um lorde.

Se meu Apartamento Falasse (1960), Billy Wilder

Bud Baxter é funcionário de uma companhia de seguros em Nova York e está ansioso para ser promovido. Ambicioso, ele descobre uma maneira mais rápida de crescer na empresa: emprestar seu apartamento para que os executivos casados se encontrem secretamente com suas amantes. Mas, tudo se complica quando Bud se apaixona por Fran, a amante de um de seus chefes.

 

Read More